quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Professora acreana contribui com a renovação dos livros didáticos do Estado de São Paulo

 

Trechos da carta da Secretaria de Educação de Educação do Estado de São Paulo (SEE-SP) solicitando os direitos autorais de meus textos para cadernos didáticos de professores e alunos da rede pública: Pedido nº 245/2012, 06 de novembro/ 2012, assinada por Beatriz Scavazza, Coordenadora Executiva/Gestão de Tecnologia Aplicada à Educação." Professora Doutora Luisa Galvão Lessa (…), a Secretaria do Estado de São Paulo (SEE-SP), em continuidade aos esforços visando a melhoria da educação paulista (...) solicita os direitos autorais de seus textos que estão sendo indicados por profissionais da área de educação para fazer parte dos Cadernos que serão confeccionados para alunos e professores para aperfeiçoar as orientações referentes aos materiais de apoio denominadas Caderno do Aluno e Caderno do Professor.(...) Solicitamos a licença de uso do material por um período de 5 anos. As edições serão impressas de 2013 a 2017, sem qualquer finalidade comercial, material que será distribuído gratuitamente às escolas da rede pública do Estado de São Paulo".
Cedi, gratuitamente, com muita honra! Obrigada Senhor DEUS por permitir que contribua, sempre, com a educação do meu país!

6 comentários:

João Santana de Almeida disse...

Parabéns, grande e competente escritora. Sempre digo que seus textos devem estar nos grandes jornais do país, assim o povo passa a ler textos valiosos. Ganha o Estado de São Paulo, os estudantes, que poderão refletir sobre temáticas tão atuais neste século XXI. É hora de mudar, e a mudança acontece com o que há de melhor no país. Estou engrandecido por ser brasileiro como a senhora, Doutora Luisa Lessa. Viva o Brasil, viva São Paulo que a acolheu.

Carlos Valente Morais disse...

Achei essa notícia por acaso no blog que não conhecia. De fato a escolha dos textos foi muito feliz. Ganha São Paulo, ganha o Brasil. E a senhora, grande mestra Luisa Lessa receba meu aplauso e admiração.
Carlos Valente

Isaac Melo disse...

Profª. Luísa,
é a confirmação de tudo quanto temos dito: sua excelência como educadora, como profissional e como pessoa. Isso chama-se competência e amor por aquilo que faz. Obrigado por esse presente. Como me fez bem essa notícia. É só o começo.

Abraços!

Luísa Galvão Lessa disse...

Caríssimo Isaac Melo,
Obrigada por compartilhar desse momento de colheita. O amigo tem sido grande incentivador da minha produção. Acredite que penso ser um sonho. Nunca imaginei chegar aos livros didáticos do Estado de São Paulo. Ali tem muito talento. Sou um grão de areia. Mas Deus assim escreveu.
Grande abraço,
Luísa

Kátia Oliveira disse...

Eterna e inesquecível professora Luisa Lessa, veja que o tempo reconhece o seu valor. Aquele povinho fraco da UFAC cheio de inveja da senhora, e agora, como fica? Parabéns estimada e querida professora.
Katia Oliveira

Sílvio de Abreu disse...

É o Acre mostrando ao Brasil gente valorosa! A Doutora Luisa Lessa é de verdade uma grande inteligência do Brasil. Leio seus fabulosos textos, agradeço por tanta preciosidade. Grande abraço.

Sílvio de Abreu Cavalcante

A vida da gente é feita assim: um dia o elogio, no outro a crítica. A arte de analisar o trabalho de alguém é uma tarefa um pouco árdua porque mexe diretamente com o ego do receptor, seja ele leitor crítico ou não crítico. Por isso, espero que os visitantes deste blog LINGUAGEM E CULTURA tenham coerência para discordar ou não das observações que aqui sejam feitas, mas que não deixem de expressar, em hipótese alguma, seus pontos de vista, para que aproveitemos esse espaço, não como um ambiente de “alfinetadas” e “assopradas”, mas de simultâneas, inéditas e inesquecíveis trocas de experiências.