quinta-feira, 6 de agosto de 2015

VERDADES DO CORAÇÃO

 

 photo mlusjz145pk8.gif

Hoje a razão
Resolveu entrar em contato
Com o meu sofrido coração.

E fizeram assim...
Após longa e boa discussão,
Ambos decidiram unidos
Tomar uma decisão...

Qual seja:
Não suportam mais as mentiras
Muito menos a ingratidão.
Por isso, a partir de hoje,
Chega de viver de ilusão.

Juntas...
Resolvem esquecer o passado,
Os enganos e traições,
Também darão adeus
À temível solidão.

Como farão isso?
Para obter forças resolvem
Unir razão e coração

E caminharem juntas
Numa nova paixão.

Verdade?
Sim, esquecerão de vez
Quem covardemente partiu
Sem dar uma explicação.
Assim serão novamente felizes,
A razão e o coração!

Nenhum comentário:

A vida da gente é feita assim: um dia o elogio, no outro a crítica. A arte de analisar o trabalho de alguém é uma tarefa um pouco árdua porque mexe diretamente com o ego do receptor, seja ele leitor crítico ou não crítico. Por isso, espero que os visitantes deste blog LINGUAGEM E CULTURA tenham coerência para discordar ou não das observações que aqui sejam feitas, mas que não deixem de expressar, em hipótese alguma, seus pontos de vista, para que aproveitemos esse espaço, não como um ambiente de “alfinetadas” e “assopradas”, mas de simultâneas, inéditas e inesquecíveis trocas de experiências.