segunda-feira, 3 de agosto de 2009

QUANDO OS CAMINHOS SE VESTEM

Quando os caminhos se vestem de flores o mundo vira uma magia, um encanto, uma poesia.
A Natureza revigora, faz brotar vida, renascer esperanças infinitas.

A beleza que é a vida faz palpitar o coração, mesmo qundo triste se enche de esperança!
Por isso os caminhos se vestem.
Desejo, sempre, estar neles, com a mais bela roupagem de luz, fé, sonhos, esperanças.

A vida é Amor, Luz, Poesia, encanto e magia.
Tudo que aqui há é fonte de caminhos que se vestem, assim como eu.




Um comentário:

poetas de rondonia disse...

Adorei seu blog e sua criação literária.
Parabéns, querida.
Se quiser conhecer um pouco do meu trabalho, oferecer-me este presente, visite meu site www.josevaldir.com
Grande abraço.

A vida da gente é feita assim: um dia o elogio, no outro a crítica. A arte de analisar o trabalho de alguém é uma tarefa um pouco árdua porque mexe diretamente com o ego do receptor, seja ele leitor crítico ou não crítico. Por isso, espero que os visitantes deste blog LINGUAGEM E CULTURA tenham coerência para discordar ou não das observações que aqui sejam feitas, mas que não deixem de expressar, em hipótese alguma, seus pontos de vista, para que aproveitemos esse espaço, não como um ambiente de “alfinetadas” e “assopradas”, mas de simultâneas, inéditas e inesquecíveis trocas de experiências.