quarta-feira, 11 de abril de 2012

MILAGRE DA CIRURGIA PLÁSTICA

CirurgiasPlsticasAnteseDepois3 1 Cirurgias Plásticas Antes e Depois

Imagem colhida na Internet pelo Gloogle em 11/04/2012, ás 12h14min ,no site http://www.coisasdemenina.com/cirurgias-plasticas-antes-e-depois.html

O sonho de todo homem, de toda mulher é ter ou alcançar o padrão desejado de beleza. No mundo há variados e múltiplos padrões de beleza, a depender da cultura, costumes de cada lugar. Em muitos países a magreza é considerada qualidade de beleza. N’outras culturas ter umas gordurinhas faz parte do encanto e do charme. Afora isso tudo, o fato é que homens e mulheres nunca se contentam com suas formas anatômicas. Uns julgam que poderiam ter um nariz mais afilado, uns olhos mais graúdos, face sem rugas, lisinha, sem manchas, sem cicatrizes, orelhas bonitas, lábios carnudos, cintura fina, quadril arredondado ou arrebitado, abdômen desenhado, nada de barriga saliente, enfim, uma aparência considerada mais bela e atraente segundo os padrões de beleza do país. Ademais, o sonho da eterna juventude é algo que o ser humano deseja alcançar. É claro que o tempo deixa suas marcas, mas a ciência produz verdadeiros milagres!

Antigamente as pessoas envelheciam sem poder fazer nenhuma modificação no corpo ou rosto. Hoje a história mudou completamente. Cada pessoa pode mudar, transformar, segundo seu desejo, qualquer parte do rosto ou do corpo, atendendo os desejos mais secretos. Pode ter um nariz bem desenhado, olhos sem pálpebras caídas ou rugas, face lisa, sem as marcas do tempo, um corpo escultural, um bumbum arrebitado, braços finos, corpo delgado sem barriga, enfim, optar por um modelo estético de beleza. Isso vale para homens e mulheres que estão, a cada dia, desejando atingir alto padrão de beleza. A vaidade é algo natural, faz bem, proporciona autoestima, deixa a pessoa mais feliz.

E como fazer tais modificações? Por meio da cirurgia plástica, com técnicas modernas e preços acessíveis. À medida que a medicina avança os preços caem. Uma cirurgia que antes custava preço elevado hoje caiu para um patamar popular. É claro que não falo do Brasil, aqui tudo é caríssimo. Uma lipoescultura [opção para modelar e corrigir o corpo, cujo pioneirismo é do francês Yves-Gérard Illouz] custa os olhos da cara. Somente gente rica pode fazê-la. Cirurgia facial?! Nem pensar, o preço é de arrancar os olhos do freguês. E aí, como proceder para realizar sonhos e desejos em ter um rosto, um corpo mais bonito? Ir para o país vizinho, a Bolívia. Aqui, pertinho, na cidade de Santa Cruz de La Sierra há um cirurgião, que estagiou na USP, São Paulo, assim como toda a sua equipe, que faz cirurgias reparadoras, corretivas e estéticas por preços inacreditáveis. Por R$ 3.000,00 a pessoa faz um lifting facial completo, que inclui face e pescoço, corrigindo toda a flacidez da pele. É o procedimento que apresenta excelentes resultados com uma jovialidade esplendorosa. Já vi pessoas que ficaram belíssimas de corpo e de cara, sem traumas, recuperação segura, tranquila, rápida, eficiente, pois até as cicatrizes desaparecem em menos de 60 dias. É um tratamento barato, seguro, eficiente, que rejuvenesce 10,15,20 anos. Espetacular!

Para aqueles que têm interesse em melhorar seu perfil estético, ficar com um rosto e um corpo, assim como mamas mais bonitas, basta tomar um avião em Cobija [aeronaves novas, seguras, confortáveis, voar 1h20min ao preço de R$170,00 ida + 170 reais volta, contactar o DR. RONALD ACE ALETRISTA [mãos de ouro, inscrição médica S.P.S.A- 1356] ou sua assistente, INEZ LORINE [uma brasileira] e realizar seu sonho, bem ao alcance da mão e de seu bolso, o mais importante. O paciente tem toda assistência, desde a chegada até a saída, em excelente clínica, com todos os cuidados médicos necessários no pós-operatório, com os preços inclusos nas cirurgias.

Nos meses de abril, maio e junho os preços das cirurgias estão 15% mais baratas. É um ganho suficiente para pagar passagem, hotel, alimentação. A clínica é de excelente padrão, tudo novo, moderno. Ademais, o zelo da equipe médica é de causar inveja a muitos centros brasileiros. Cada paciente é tratado com carinho e todos os cuidados. Há uma equipe para apanhar o paciente no aeroporto, levá-lo para os hotéis conveniados [com desconto], para casas de câmbios, levá-lo aos laboratórios para os exames médicos necessários, tudo isso incluso no preço da cirurgia. O carinho dessa equipe é algo que impressiona, assim como o alto padrão dos procedimentos cirúrgicos, com técnicas modernas, que não deixam hematomas. São procedimentos inovadores, seguros, com o acompanhamento de toda uma equipe especializada pela USP, no Brasil, médicos credenciados, experientes, estudiosos, considerando que estão atualizados com as tecnologias modernas, pois participam de Congressos pelo mundo afora. Por isso recebem pacientes de todas as partes do planeta, considerando o alto padrão das cirurgias estéticas e dos bons preços.

Agora a pessoa fica a se perguntar: como faço para chegar a Santa Cruz de La Sierra? Vá até Cobija, apanhe um voo da Aerosur [segunda, quarta, sexta – voo direto], entrar, antes, em contato com Inez Lorine [assistente brasileira], telefone: 0021591-7316-2414. E-mail: inezbc@hotmail.com. No Acre, ligar: (68) 9994-4700. Boa viagem e volte com o corpo e o rosto dos seus sonhos!

DICAS DE GRAMÁTICA

A MAIORIA DAS PESSOAS FALTOU À FESTA OU A MAIORIA DAS PESSOAS FALTARAM À FESTA?

- As duas frases são consideradas corretas, mas a primeira é a mais recomendável: "A maioria das pessoas faltou à festa". Neste caso, o verbo concorda com o núcleo do sujeito (maioria), que está no singular.

Nenhum comentário:

A vida da gente é feita assim: um dia o elogio, no outro a crítica. A arte de analisar o trabalho de alguém é uma tarefa um pouco árdua porque mexe diretamente com o ego do receptor, seja ele leitor crítico ou não crítico. Por isso, espero que os visitantes deste blog LINGUAGEM E CULTURA tenham coerência para discordar ou não das observações que aqui sejam feitas, mas que não deixem de expressar, em hipótese alguma, seus pontos de vista, para que aproveitemos esse espaço, não como um ambiente de “alfinetadas” e “assopradas”, mas de simultâneas, inéditas e inesquecíveis trocas de experiências.