terça-feira, 10 de abril de 2012

PROCURO ALGUÉM …

Alguém com um sorriso de criança, uma alma de adulto, a coragem de um jovem, um olhar firme, sincero, doce, terno.

Alguém que inebrie meus desejos e povoe os meus pensamentos, apenas com um abraço.

Alguém que jamais brigue comigo sem motivo, mas que dialogue quando eu estiver errada.

Alguém que escute, ao meu lado, a melodia que adoro, mas não faça isso apenas para agradar.

Alguém que se divirta com minhas bobagens e nunca me deixe com cara de farmácia na frente de amigos.

Alguém incapaz de fazer maldades, mas extremamente capaz de enfrentar o mundo por minha causa.

Alguém que me ache bonita, interessante, mesmo com a velha roupa de casa, a cara limpa, sem batom. E que, ainda assim, encontre encanto na mulher-parceira, companheira.

Alguém que saiba oferecer poemas de amor, músicas românticas, flores, e que valorize esse gesto como incontestável prova de carinho.

Alguém que goste da natureza, da lua, do céu estrelado, livros, picolé, cinema, shopping, viajar de carro, andar pelo mundo.

Alguém que goste de viver em casa, assistir telejornal, sair para um jantar a dois, beber uma taça de vinho, olhar a correnteza do rio, o verdor das matas, a luz da lua e o brilho as estrelas.

Alguém que seja amigo, amante e confidente. Um companheiro sincero, terno, sábio.

Alguém com jeitinho de menino, inocência de criança, mas atitude e relevância de um grande homem...

Enfim, alguém que tenha personalidade própria, não se deixe envolver por falsas aparências, tenha determinação, personalidade, presença.

Alguém que saiba valorizar o relacionamento, respeitando-o, construindo-o todos os dias. Que viva intensamente com alegria e felicidade.

Alguém capaz de viver a dois, sendo cada um individualmente, capaz de ensinar e aprender a vida de casal.

Alguém que ame família, não somente a sua, também aquela da companheira.

Alguém que saiba respeitar, envolver-se e compartilhar com a pessoa que está ao seu lado o cotidiano da vida.

Alguém que não conte os centavos que gasta comigo, que eu seja o centro de sua atenção e respeito.

Alguém capaz de aprender e ensinar, em cada dia, novas lições de amor.

Um comentário:

Anônimo disse...

O poema "Procuro alguém" é singelo, puro, real,maravilhoso, maduro, sábio, combina com os meus ideais. Esse é o sonho de gente íntegra,fiel, sincera, capaz de amar e se deixar amar. A isso se chama FELICIDADE. Parabéns, escritora Luísa Lessa, não apenas pelo blog, também pela riqueza de seu conteúdo.

A vida da gente é feita assim: um dia o elogio, no outro a crítica. A arte de analisar o trabalho de alguém é uma tarefa um pouco árdua porque mexe diretamente com o ego do receptor, seja ele leitor crítico ou não crítico. Por isso, espero que os visitantes deste blog LINGUAGEM E CULTURA tenham coerência para discordar ou não das observações que aqui sejam feitas, mas que não deixem de expressar, em hipótese alguma, seus pontos de vista, para que aproveitemos esse espaço, não como um ambiente de “alfinetadas” e “assopradas”, mas de simultâneas, inéditas e inesquecíveis trocas de experiências.