sábado, 28 de julho de 2012

SER EDUCADOR

 

Ser transmissor de verdades,

Cultivador de amor,

Plantador de amizades,

Guardião do respeito,

Ser exemplo de dignidade.

 

Ter sabedoria para acertos,

Humildades para erros,

Ser construtor de seres,

Orientador de vidas,

Edificador na arte de ensinar.

 

Ser semeador de razão, emoção, amor,

Ter sentimentos profundos,

Ter orgulho de ser Educado e de EDUCAR,

Armazenar o conhecer,

Dele não se afastar.

 

Ser lutador nos desafios,

Nunca desanimar,

Sempre plantar bons frutos,

Possuir incalculável sabedoria,

Igual ao rubi que ilumina a vida.

 

Saber vencer desafios,

Habilidades para ganhar batalhas,

Ensinar o que sabe,

Jamais enganar, mentir,

Sempre ensinar a construir!

Nenhum comentário:

A vida da gente é feita assim: um dia o elogio, no outro a crítica. A arte de analisar o trabalho de alguém é uma tarefa um pouco árdua porque mexe diretamente com o ego do receptor, seja ele leitor crítico ou não crítico. Por isso, espero que os visitantes deste blog LINGUAGEM E CULTURA tenham coerência para discordar ou não das observações que aqui sejam feitas, mas que não deixem de expressar, em hipótese alguma, seus pontos de vista, para que aproveitemos esse espaço, não como um ambiente de “alfinetadas” e “assopradas”, mas de simultâneas, inéditas e inesquecíveis trocas de experiências.