domingo, 15 de novembro de 2009

Natureza e Eu

Nossos lábios sorverem as águas puras da fonte enquanto contemplamos as verdes altas montanhas e o azul profundo dos oceanos. Poderemos ouvir dos que virão depois de nós: “Obrigada pelo mundo que vocês prepararam para nós. Obrigada pelo planeta, qual jardim, que vocês nos legaram. Obrigado pelas sementes de vida que vocês plantaram para que pudéssemos colher seus abundantes frutos. Obrigada, muito obrigada!

Um comentário:

Marina disse...

Querida professora, fico esperando o texto que essa bela imagem inspira. Quanta sensibilidade! Onde encontra imagens tão lindas
Sou sua fã!

A vida da gente é feita assim: um dia o elogio, no outro a crítica. A arte de analisar o trabalho de alguém é uma tarefa um pouco árdua porque mexe diretamente com o ego do receptor, seja ele leitor crítico ou não crítico. Por isso, espero que os visitantes deste blog LINGUAGEM E CULTURA tenham coerência para discordar ou não das observações que aqui sejam feitas, mas que não deixem de expressar, em hipótese alguma, seus pontos de vista, para que aproveitemos esse espaço, não como um ambiente de “alfinetadas” e “assopradas”, mas de simultâneas, inéditas e inesquecíveis trocas de experiências.